XaD CAMOMILA

18 de abril de 2010

"O Conciliador" - episódio 1


O Conciliador - episódio 1 (15m25s)
Todo mundo sabe que brigar na Justiça é a maior dor de cabeça. Pode custar caro e levar anos. Mas existe uma saída rápida e gratuita ao alcance de todos os brasileiros: a conciliação. Nunca um programa de TV teve autorização para acompanhar tão de perto as discussões tensas e os momentos emocionantes que selam um acordo. Albenice e Natalina são brasileiras que procuraram a Justiça para resolver seus conflitos. Mas em vez de abrir um processo comum, elas recorreram a uma alternativa ainda pouco conhecida para solucionar disputas judiciais: a "conciliação". Em 2008, existiam no Brasil 70 milhões de ações judiciais em andamento, algumas se arrastando há décadas. Quase uma ação para cada três brasileiros. Apenas em um galpão estão armazenados 12 milhões de processos do estado de São Paulo. São 900 mil caixas, quase 8 mil toneladas de papel. Dois conciliadores que atuam de verdade, nomeados pelo Tribunal de Justiça paulista, vão conduzir as negociações. A missão deles: fazer esse pessoal se entender, antes que as brigas virem processos. As vizinhas que brigam por causa dos passarinhos vão se entender? E as famílias sem água? Veja, no vídeo acima, como foi a conciliação. 
[[Como escrevi no mural de recados do blog, achei que o programa divulgou bem a "idéia da conciliação", principalmente, na fase pré-processual que, diga-se, é a menos incentivada, embora seus índices de acordo sejam bem mais altos do que os da fase processual. Sobre a "boa dose de ficção", que também comentei no mural, é o seguinte: os conciliadores (que no TJSP são voluntários) não visitam a casa das pessoas envolvidas nas audiências que eles vão conduzir. Geralmente, esse tipo de abordagem ocorre no âmbito da chamada "Justiça Comunitária", um projeto pioneiro desenvolvido pelo TJDFT, que já existe em outros tribunais, mas não no Judiciário paulista. Então, ver conciliadores judiciais visitando a casa das partes foi, digamos..., um pouco estranho. E que idéia foi aquela de fazer as audiências numa sala (enorme, imponente, com uma mesa maior ainda) do Palácio da Justiça, sede do Tribunal? Que coisa mais "fake"! Também achei que o quadro podia ter mostrado mais o trabalho dos conciliadores durante as audiências. Mas, enfim, penso que o programa (em razão do alcance do Fantástico, da qualidade da produção etc) deve ajudar bastante na divulgação da "cultura da conciliação". E isso é o mais importante!]]]

[[Para acessar os outros episódios da série, clique aqui]]]

Estante do XAD

Blogs @migos

Blogs sujos & malvados