XaD CAMOMILA

5 de agosto de 2010

100 dias 100 justiça

Praça João Mendes, São Paulo, Capital
Ontem, na Assembléia Legislativa. Hoje, no Estado inteiro.

ONTEM, 4 de agosto, foi mais um dia intenso do movimento de paralisação dos servidores do Judiciário paulista. Após uma longa viagem de retorno de Brasília, a caravana de 18 ônibus seguiu direto para a Assembléia Legislativa (ALESP), onde outros servidores que não foram à capital federal aguardavam o início de mais uma assembléia geral da categoria. Os presentes decidiram pela continuidade da greve e pela realização de nova assembléia, na próxima quarta-feira (11/08), às 14 horas, na Praça João Mendes.

Em seguida, os servidores lotaram os quatro plenários da ALESP para acompanharem a audiência pública, proposta pelo deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL). O presidente do Tribunal de Justiça, des. Antonio Carlos Viana Santos, foi representado pelo des. William Campos. Além das questões trabalhistas, os presentes também debateram o pedido de instalação de uma CPI para averiguar (supostas) irregularidades cometidas pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Atualmente, a "CPI do Judiciário Paulista" conta com a assinatura de 21 deputados. Para que seja instalada, são necessárias 32 assinaturas. Saiba+

HOJE, 5 de agosto, o movimento grevista entrou no seu 100º dia e, em inúmeras comarcas, os servidores cruzaram os braços e interromperam o trabalho durante todo o dia, como forma de protesto. Veja aqui

[[PARA NOTÍCIAS ATUALIZADAS SOBRE A GREVE, CLIQUE AQUI]]]

Nenhum comentário :

Estante do XAD

Blogs @migos

Blogs sujos & malvados