XaD CAMOMILA

17 de outubro de 2010

+1 com Dilma!


Declaração de Voto 


por Rafson Ximemes* (em seu blog)

“Eu tenho várias utopias. Sonho com um mundo sem guerras, sem violência estatal, com pleno respeito aos direitos humanos, sem racismo, com respeito à diversidade sexual, com pleno emprego, sem pobreza, sem desigualdade social, com um direito penal mínimo, sem prisões, com o Bahia campeão do mundo e muitas outras coisas. Sei que talvez, a realização seja impossível. Quero, entretanto, chegar o mais próximo que der.

Estamos no segundo turno da eleição presidencial e é preciso definir em quem votar, já que não optei por nenhum dos vencedores do primeiro turno. Temos de um lado,a candidata do governo e de outro o da oposição, que foi governo nos 08 anos anteriores. Então, para começar a decidir, tenho que pensar no que me desagradou, na última administração e se foi diferente antes.

A primeira coisa que não gostei foram as alianças feitas pelo PT (com Sarney, por exemplo). Mas, pensando bem, foram as mesmas feitas pelo PSDB. Não é, portanto, um critério para votar contra o governo. Depois vieram os casos de corrupção. Mas, eles aconteceram também no governo de FHC (compra de votos para reeleição, privatizações, etc). Outra vez, não é um critério válido. Dizer que o PT foi pior porque pregava a ética e não foi, pra mim, não faz sentido. Desde quando o PSDB assumiu que não era ético? Não gostei também da política criminal, mas não foi semelhante àquela do PSDB. Estes fatos poderiam justificar um voto em Plínio, Zé Maria, etc., mas não em Serra ou Dilma (nem em Marina, porque participou do governo quase até o fim).

Resta, então, ver o que cada um fez, ou parece que fará, e a condução das campanhas. Os números são amplamente favoráveis ao governo de Lula e Dilma, em relação ao governo de FHC e Serra, embora os últimos também tenham seus méritos. É inegável que a pobreza diminuiu nos últimos 08 anos. É nítido também que o desemprego caiu, que se investiu mais em educação, que os militantes de direitos humanos tiveram mais acesso ao poder [veja aqui]. O único ponto em que houve uma piora, foi em relação ao Bahia, que penou nesses 08 anos, mas que está se reerguendo.

Em relação à justiça, há um aspecto, extremamente sensível, que melhorou bastante, nos últimos 08 anos: a Defensoria Pública, instituição responsável pela assistência jurídica aos pobres. E posso testemunhar, que isto se deu, mesmo em âmbito estadual, devido à atuação positiva do Ministério da Justiça. Além de ter apoiado menos às Defensorias, Serra ainda tem entre um de seus maiores aliados, justamente o único político que se gaba de ser contra fortalecer a instituição que defende os pobres, não foi eleito e possivelmente ocuparia algum cargo no governo tucano.

Depois de acompanhar a atual campanha, porém, não posso mais ter qualquer dúvida sobre quem votar e nem mesmo cogitar o voto nulo. A campanha de Serra conseguiu fazer a discussão sobre direitos humanos regredir como nunca no Brasil. A imposição da pauta religiosa e a hipocrisia sobre a descriminalização do aborto são de dar nojo. É verdade que Dilma também tem sua parcela de culpa, por não ter coragem de enfrentar as questões. Mas, quem estabeleceu a pauta e insistiu nela foi Serra.

Hoje, como bem disse Elio Gaspari, Serra fez a gente voltar 46 anos, à marcha da família com Deus, de 1964. A sua campanha tem como base a "Tradição, Família e Propriedade". Não é o PSDB neoliberal que está enfrentando Dilma. Antes fosse!. Quem está enfrentando o PT é o antigo PFL, é a antiga Arena, é a antiga UDN. O discurso mais atrasado, oligarca e tradicionalista que parecia estar indo embora, com a hegemonia do PT e do PSDB, está voltando. Escolher Serra, seria escolher o atraso.

Por estas razões, tenho um posicionamento claro. O que me desagradou no governo Lula foi justamente a sua semelhança com o governo FHC. O PT, com Dilma, teve muitos pontos favoráveis, que Serra e o PSDB não tiveram. A campanha de Serra foi a mais mesquinha, retrógrada e inconsenquente que vi, desde a de Collor. Voto em Dilma, não por estar plenamente satisfeito com o atual governo, mas porque a outra opção é pior. Se não tivesse nenhuma razão para votar nela, pela comparação entre os dois governos, ainda assim faria isto porque não quero precisar de um neo-iluminismo, no Brasil. Votar em Dilma, agora, é mostrar que não aceitamos campanhas medievais e que o nível do debate tem que ser outro."

* Defensor Público na Bahia

[O post original traz fotos e vídeos que não reproduzi aqui. Vale conferir no blog do autor]]

Nenhum comentário :

Estante do XAD

Blogs @migos

Blogs sujos & malvados