XaD CAMOMILA

25 de junho de 2011

O credo

_______________________________________________________
Não me lamento, porque canto,
Faço do canto, manifesto 
Sequei as águas do meu pranto
Nos bronzes fortes do protesto.

Acuso a puta sociedade,
Com seus patrões, seus preconceitos.
O teto, o pão, a liberdade
Não são favores, são direitos.
___________________________________________

2 comentários :

MR.W disse...

i don`t your language but i was translate,the content is interesting.

Ivana Lima Regis disse...

Hi! I visited your blog, but didn´t find your guest book!
- Terima kasih kerana melawat!!!

Estante do XAD

Blogs @migos

Blogs sujos & malvados