XaD CAMOMILA

28 de abril de 2010

28 de abril: greve no judiciário paulista

Os servidores do TJSP cruzam os braços, a partir de hoje, por tempo indeterminado. Entre as principais reivindicações estão o índice de reposição de 20,16%; melhores condições de trabalho e o cumprimento da data-base. Mais de 5 mil servidores participaram hoje à tarde da Assembléia Geral que marcou o inicio da greve no judiciário paulista. O ato aconteceu em frente ao "Fórum João Mendes", no centro de São Paulo, e contou com a participação de representantes de dezenas de comarcas. Pouco antes da Assembléia Geral, os dirigentes das entidades foram convocados às pressas para uma reunião com o presidente do TJSP, Des. Antonio Carlos Viana Santos. A reunião, que durou pouco mais de uma hora, culminou apenas com a apresentação de promessas por parte dos magistrados. Viana Santos prometeu a concessão de um reajuste de 4,17%, a partir do mês de junho, além de garantir que o plano de cargos e carreiras será votado pela Assembléia Legislativa na próxima terça-feira (04/05). Ambas as propostas foram rejeitadas pelos presentes à Assembléia Geral, que deliberaram pela greve. Saiba+

[[PARA NOTÍCIAS ATUALIZADAS SOBRE A GREVE, CLIQUE AQUI]]]

Estante do XAD

Blogs @migos

Blogs sujos & malvados