XaD CAMOMILA

20 de dezembro de 2011

"A bandidagem que veste toga agradece"


"Não havia dúvidas quanto à posição do ministro Marco Aurélio Mello sobre as atribuições do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), porém o ‘time‘ de sua decisão soou estranha. Mello resolveu forçar a barra.
A decisão liminar de Marco Aurélio esvaziando o poder do CNJ apareceu no exato momento em que o órgão apurava a evolução patrimonial de servidores e magistrados de 22 tribunais, entre os quais no Tribunal de Justiça do Maranhão,  a partir de dados  emitidos pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), que monitora movimentações financeira atípicas.
Como o ministro do STF se pronunciou na véspera de um recesso que irá até fevereiro, encarregados das investigações ponderam que não faltará tempo para apagar rastros. Findo o recesso, a corregedoria seguirá amputada pelo menos até o julgamento em plenário.
A liminar de Mello também estabelece que os tribunais não têm mais prazo para julgar seus magistrados. Tinha o prazo máximo de 140 dias. Agora não mais. Marco Aurélio Mello foi o único ministro do STF, a votar contra  a criação do CNJ, em 2005.
Como não pode desconstitucionalizar e acabar com o CNJ, Mello agora oferece ao país um pessoal e limitador entendimento do conselho.Seis anos depois, o ministro volta à luta na mesma direção. A bandidagem que veste toga agradece." (Blog do Itevaldo)

LEIA TAMBÉM:
Contrário à criação do CNJ, ministro retoma luta contra o órgão - Joaquim Falcão
Liminar aureliana dá imunidade a juízes suspeitos de corrupção e desvios funcionais - Walter Fanganiello Maierovitch 

Um comentário :

Anônimo disse...

STF é uma vergonha para a justiça brasileira, na minha opinião, são poucos ali dentro que se salva, um bando de corjas escondidos atrás da toga, que atua apenas de forma corporativista e pessoal. Justiça e imparcialidade? Suspensões e impedimentos?! É triste, como estudante de direito acompanhar tudo isso. Cruzar os dedos que os nossos, do STF(Joaquim, Carmen e outros), possam vencer esses basiliscos que querem anular as atividades do CNJ e da Exma. Eliana Calmon.

Estante do XAD

Blogs @migos

Blogs sujos & malvados