XaD CAMOMILA

11 de junho de 2010

Greve do Judiciário Paulista: Servidores desocupam Fórum João Mendes

Os 76 servidores que permaneciam, desde quarta-feira (09/06), no saguão do Fórum João Mendes, localizado na região central de São Paulo, deixaram o local no começo da tarde de hoje (11/06). Os grevistas, porém, continuam em vigília em frente ao fórum, o maior da América Latina.

De acordo com a categoria, caso não haja contraproposta, os servidores ficarão acampados no local, pelo menos, até a próxima quarta-feira (16/06), quando será realizada nova Assembléia Geral. Cerca de 400 pessoas, em barracas e acompanhadas de um carro de som, permanecem em frente ao fórum. Os servidores reivindicam reposição salarial de 20,16% em razão do descumprimento, por parte do TJSP, das datas-base de 2009 e 2010.

Apesar da desocupação do prédio, o expediente no Fórum João Mendes continua suspenso. A tramitação de 2,5 milhões de processos está interrompida nas 70 varas que compõem o fórum, e as cerca de 23 mil pessoas que procuram atendimento diariamente no local não têm acesso ao edifício.

Hoje (11/06), o senador Eduardo Suplicy esteve na Praça João Mendes. Ele tentou entrar no fórum para falar com os grevistas, mas foi impedido pelos policiais militares. O senador, que pretende ajudar nas negociações, dirigiu-se, então, ao Palácio da Justiça, sede do TJSP, para tentar conversar com o des. Viana Santos, presidente do Tribunal. Saiba+








Servidores em vigília noturna na lateral do Fórum João Mendes










Barracas em frente ao Fórum João Mendes






Senador Eduardo Suplicy tenta entrar no Fórum João Mendes





CLIQUE AQUI para notícias atualizadas sobre a greve.

Estante do XAD

Blogs @migos

Blogs sujos & malvados