XaD CAMOMILA

7 de julho de 2010

A resposta da Presidência do Tribunal: tropa de choque, bala de borracha e gás lacrimogêneo...




Os servidores do judiciário paulista presentes na Praça João Mendes, em São Paulo, na tarde de hoje (07/07), em mais uma Assembléia Geral, deliberaram pela continuidade do movimento grevista. Depois de 71 dias de greve, nenhuma nova proposta foi apresentada pelo Tribunal de Justiça.

Após o término da Assembléia, os servidores começaram a contornar o Fórum João Mendes, pois iriam promover um "abraço simbólico" ao redor do prédio. De repente, passaram a ser atingidos por balas de borracha e bombas de gás lacrimogêneo, disparadas por policiais da Tropa de Choque e da Força Tática da PM, chamados a intervir pela Presidência do Tribunal.
Pelo menos quatro servidores ficaram feridos e vários outros passaram mal após aspirarem o gás. Pessoas que passavam pelo local, alheias ao movimento dos servidores, também foram atingidas. Saiba+

Nenhum comentário :

Estante do XAD

Blogs @migos

Blogs sujos & malvados